Nos últimos meses a população de pombos aumentou na área central de Francisco Beltrão. O principal ponto de concentração é na Praça Eduardo Virmond Suplicy e ao lado da Concatedral Nossa senhora da Glória. O grande volume de aves tem causado transtornos para os feirantes e causado muita sujeira de fezes no centro.

Após inúmeras reclamações, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, vai adotar medidas a partir da próxima segunda-feira (19) para controlar a população de aves.

Segundo o Secretário da Pasta, Adriano David, “não existe nenhum método totalmente eficiente e duradouro. Temos uma população alta na praça central, no fórum e prefeitura. Então estamos fazendo um trabalho de poda. Essa região não tem predados, como é no parque de exposições, onde tem Tucano seguidamente a gente vê eles comendo só ovos”.

Além da poda de arvores, David destaca, “vamos adotar uma tecnologia que emite uma onda sonora inaudível para o ser humano, vamos espalhar em alguns pontos para fazer testes. Já informamos o Ministério Público, o IAP e a Polícia Ambiental que também vamos fazer um controle de retirada de ovos. Não vamos destruir os ninhos, mas vamos fazer um controle de natalidade, em conjunto com a outra ação”.

Outra estratégia que será adotada para disseminar os pombos é a utilização de foguetes, como os apitos de vara. Esse trabalho a secretaria pretende desenvolver no final da tarde, numa sequência de cinco dias.