Por Larissa Mazaloti

 

Moradores de Francisco Beltrão entraram em contato com a equipe de jornalismo da Onda Sul FM para questionar um aumento de 10.27% no IPTU 2011. Acontece que o percentual não é um aumento e sim um reajuste determinado pela inflação que é medida pelo O IGP-M/FGV (Índice Geral de Preços do Mercado) da Fundação Getúlio Vargas.(SAIBA MAIS)

 

De acordo com a secretária municipal de Finanças, Neiva Barbieri o reajuste é anual e pode ser positivo ou negativo. De 2009 para 2010 por exemplo, o reajuste foi de -1.58%, o que ocasionou um valor menor para o contribuinte.

 

Diferente do que podem pensar os moradores que sentem a diferença no bolso, o reajuste não é um aumento decidido pela administração municipal, mas sim, uma correção anual que varia conforme a economia se comporta no período que vai de dezembro do ano anterior ao final de novembro do ano corrente.

 

As medidas estão previstas no código tributário e Neiva garante que todos os tributos do município são revertidos em serviços para a comunidade. “O município, o governo estadual e o governo federal não têm dinheiro. O dinheiro é do contribuinte”, finaliza.

 

Ouça