• Compartilhe no Facebook

Foto: Assessoria.

Foi realizado na segunda-feira (25) na propriedade da família de Claudio Rech, na linha Sede Ouro, interior do município de Sulina, sudoeste do Paraná, um Dia de Campo com a participação de mais de 60 agricultores. O evento foi promovido pela Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Agricultura, juntamente com a Emater.

A propriedade de Claudio Rech foi pioneira em um novo projeto, a implantação do capim BRS Capiaçu como silagem, em troca da tradicional silagem de milho.

A BRS Capiaçu se destaca das demais cultivares de capim-elefante por apresentar resistência ao tombamento, facilidade para a colheita mecânica, ausência de joçal (pelos) e touceiras eretas e densas. O potencial de produção de biomassa da BRS Capiaçu supera o do milho e o da cana-de-açúcar. Segundo dados da Embrapa, a silagem de Capiaçu pode custar até 58% a menos que a silagem de milho.

A grande participação por parte dos agricultores demonstra o interesse nesse sistema de plantio de novas espécies que vem sendo proposto pelos técnicos da Secretaria Municipal de Agricultura e Emater e irradiado a partir de Unidades de Referência do Programa Leite Sudoeste, que comprovam bons resultados.

Fotos: Assessoria da Prefeitura de Sulina.