O Programa Sebrae de Liderança iniciou na última semana uma agenda com 23 pessoas da microrregião de Pato Branco, no sudoeste do Paraná. O Programa, que envolve a Escola de Desenvolvimento de Líderes, o Workshop de Liderança e a Escola Avançada de Lideranças, foi desenvolvido para despertar e aprimorar aptidões, contribuindo para a formação de uma nova geração de líderes capazes de promover a transformação na sociedade.

O papel dos líderes e as suas características, a cultura de liderança e a chamada liderança estratégica são temas discutidos dentro da Escola de Desenvolvimento de Líderes, em Pato Branco. A metodologia ajuda a desenvolver habilidades para enfrentar desafios que ultrapassam as fronteiras da liderança empresarial e contribui para a formação de lideranças atuantes e comprometidas em potencializar ações inovadoras que multiplicam cenários de desenvolvimento.

O gestor estadual do Programa Sebrae de Lideranças, Rafael Tortato, detalha que o principal objetivo da Escola é criar gestores capazes de disseminar a cultura de liderança além das fronteiras das empresas. “Queremos formar multiplicadores que ajudem na transformação de seus seguimentos e regiões. Todo o Paraná precisa de desenvolvimento e enxergamos nos empresários de micro e pequenas empresas um potencial para difundir essa ideia.”

Os convidados a participar da iniciativa do Sebrae recebem os treinamentos gratuitamente. No final do Programa,  deverão elaborar um projeto de ação na comunidade, onde aplicarão os conhecimentos que adquiriram durante o curso.

Fabrício Valenga, empresário e vice-presidente da Associação Comercial e Empresarial de Pato Branco (ACEPB), participa da Escola de Desenvolvimento de Líderes e considera o  treinamento  importante porque várias lideranças em potencial precisam desenvolver sua capacidade de promoção e envolvimento na sua comunidade.

“Algumas pessoas têm a condição natural de serem líderes, outras precisam trabalhar certas características para potencializar esse papel da liderança. Por isso, é importante esse tipo de Programa que trabalha a formação e o aperfeiçoamento de pessoas que exercem um determinado  protagonismo na sociedade ”, completa Valenga.

Para Elenice Smiderle, que atua numa associação de mulheres do campo em Pato Branco, a formação de líderes também para as comunidades rurais é importante. “Tanto no campo ou na cidade, temos que ter pessoas que puxem à frente e que levem algum dinamismo para o seu grupo. Formar, capacitar essas lideranças é de fundamental importância para o contexto social e econômico das nossas comunidades”, aponta Elenice, que também participa do Programa.

O consultor do Sebrae/PR em Pato Branco, Nézio José da Silva, lembra que o Sebrae sempre investiu na formação de lideranças no Paraná e também no Sudoeste.

“Vemos essa formação estratégica para ajudar na formação de um ambiente favorável para as micro e pequenas empresas, porque são as pessoas  que transformam, que fazem a diferença nas empresas, cidades e regiões onde vivem”, analisa.

Dentro do Programa de Liderança, a Escola de Desenvolvimento atua como uma de três soluções pensadas para ampliar o conceito de liderança nas micro e pequenas empresas paranaenses. Além do curso, o Programa prevê uma rede no Facebook, para que os líderes possam trocar conhecimento e experiências, e, para 2014, está sendo preparada uma missão técnica internacional para conhecer, em um outro país, exemplos de líderes que deixaram um legado pela transformação que ajudaram a realizar no lugar onde vivem.