Eleita a melhor empresa no setor de água e saneamento do Brasil pelo jornal Valor Econômico, a Sanepar fechou 2015 com investimento de R$ 32,5 milhões em obras em Pato Branco e região. A meta da empresa é manter em 100% o fornecimento de água tratada à população paranaense e elevar o atendimento com coleta e tratamento de esgoto, com obras de implantação, ampliação, melhorias e manutenção dos sistemas de abastecimento e de esgotamento sanitário.

Em Coronel Vivida, para o cumprimento dessas metas, a Sanepar investe R$ 9,5 milhões em obras que vão aumentar em 100% a produção de água, com a ampliação da captação do Rio Jacutinga e da Estação de Tratamento de Água, e em 150% a capacidade de armazenamento da água, com a instalação de mais dois reservatórios.

Em dezembro, começaram as obras que vão elevar o Índice de Atendimento com Rede Coletora de Esgoto (Iarce) de 40% para 55% dos moradores da área urbana.

“O saneamento do Paraná é exemplo para o País porque a Sanepar e o Governo do Estado priorizam o atendimento às famílias com água de qualidade e com a coleta e tratamento de esgoto, que são os principais pilares do saneamento básico e a garantia da qualidade ambiental”, destaca o gerente-geral da Sanepar, Renato Mayer Bueno.

Em Chopinzinho, o volume de água captada e tratada está sendo ampliado em 50% e o sistema vai ter mais um reservatório para armazenar 500 mil litros de água. Em parceria com a prefeitura da cidade, serão implantados mais 8 quilômetros de rede coletora de esgoto que vão atender 390 imóveis dos bairros Dalmut, São Sebastião, Frei Vito, Cristo Rei e Menino Deus.

Os investimentos em Itapejara do Oeste ultrapassam os R$ 4,7 milhões com a ampliação do sistema de captação do Rio Lajeado Bonito, com uma nova estação de tratamento e mais um reservatório. Ao longo do ano também foram executadas obras nos sistemas de água de São Jorge do Oeste e Saudade do Iguaçu, e nos distritos de Morro Verde, no município de Mangueirinha, e de Antonio Paranhos, em São Jorge do Oeste.

A capacidade de armazenamento de água teve incremento de mais 625 mil litros, beneficiando Coronel Domingos Soares, Mangueirinha, Vitorino, Verê, Clevelândia e, também, o distrito de Nova Espero, em Pato Branco. “Os novos reservatórios suprem a necessidade dos sistemas e devem garantir o abastecimento no verão e nos horários de maior demanda da população”, garante o gerente regional da Sanepar em Pato Branco, Aderbal Roncatto.

Foram implantadas também redes coletoras e interceptores de esgoto em Clevelândia, Palmas, Pato Branco e Mariópolis, que também conta com obras de construção da primeira estação de tratamento.

Na microrregião de Francisco Beltrão também estão sendo feitos investimentos pela companhia. Somente em Beltrão, estão sendo investidos cerca de R$ 25 milhões na construção e ampliação das estações de coleta e tratamento de água, bem como numa estação de tratamento de esgoto. As obras devem ser concluídas em abril de 2016, segundo informações do gerente regional da Sanepar, Celço Arisi.