por Ivan Cezar Fochzato

 

A colheita de maçãs produzidas em Palmas, Paraná, alcançou 15 mil, 824 toneladas na safra  2010/2011. Os dados finais foram apresentados pelo DERAL (Departamento de Economia Rural) da Secretaria da Agricultura e Abastecimento do Paraná.

 

Conforme o engenheiro, Josemar Banach Fonseca, a produtividade foi muito boa, tendo em vista a área cultivada de pouco mais de 500 hectares. Conforme ele, o que prejudicou os produtores foi à qualidade do produto, afetada  por  condições climáticas desfavoráveis, como granizo na época de crescimento dos frutos e surgimento de algumas doenças, fazendo com que grande volume, aproximadamente vinte por cento, fosse destinado à indústria, com valores bem inferiores aos praticados no mercado com o fruto para consumo in natura.

 

A produção nesta safra se igualou a de 2001/2002, quando foram colhidas 15 mil e 800 toneladas. Entretanto, numa área de aproximadamente mil hectares, praticamente o dobro da cultivada na safra atual. O maior volume de produção em Palmas foi alcançado nas safras de 2006/2007 e no período seguinte, quando chegou a vinte seis mil toneladas do produto.