A colheita de batata segue em ritmo acelerado no município de Palmas, sul do Paraná. A safra deste ano deverá ter um acréscimo entre 15 e 20% em relação ao ano passado. A produção deverá superar as 40 mil toneladas somente nas lavouras palmenses.

Conforme avaliação do Departamento de Economia Rural – Deral, apenas no território do município a área cultivada é superior a 850 hectares. Entretanto, como as lavouras  dos produtores palmenses também abrangem território de outros municípios, como Agua Doce em Santa Catarina, General Carneiro e Coronel Domingos Soares(PR) o volume que é destinado para as unidades beneficiadoras localizadas em Palmas, é praticamente o dobro visto que a área de produção nos Campos de Palmas é de praticamente 1.500 hectares.

Conforme o engenheiro, Josemar Banach Fonseca, apesar de uma certa dificuldade neste período de colheita por conta das pancadas de chuvas diárias, a safra deste ano é muito boa, com boa produtividade e bons preços. “Em algumas lavouras a  produtividade está alcançando até 120 toneladas por alqueire”, avaliou.