Por Evandro Artuzi 

 

Técnicos do IAP e Abama, acompanhados por integrantes de entidades sociais de Francisco Beltrão, percorreram na manhã desta terça-feira (16/08), aproximadamente 3 km do Rio Marrecas.
A iniciativa teve por objetivo avaliar as condições do rio e sua margem, já que o mesmo é usado para o abastecimento de água em Francisco Beltrão. Conforme o chefe do escritório regional da Sema (Secretaria Estadual de Meio Ambiente), Ruan Artigas, a situação presenciada é deplorável.
No percurso vistoriado foi possível constatar o descaso que os moradores ribeirinhos têm com o meio ambiente. Foram encontradas depositadas as margens e, até mesmo dentro do rio, roupas, móveis usados e vasos sanitários.
Artigas garantiu que após essa vistoria, um relatório será elaborado e apresentado a Secretaria Municipal de Meio Ambiente para que a prefeitura possa tomar providencias, nesse caso até mesmo notificando os moradores responsáveis pelo lixo.
Também deve ser discutida uma data para limpeza geral do rio, isso envolvendo Sema, IAP, Ibama, Exército, prefeitura e entidades sociais de Francisco Beltrão. Ruan Artigas concedeu entrevista a Onda Sul FM e expôs toda situação.

OUÇA