Por Evandro Artuzi

O governador Beto Richa anunciou no dia 29 de dezembro a abertura de nove concorrências públicas, no valor global de R$ 410.155.280,21, para obras de manutenção e recuperação de rodovias estaduais em 2012. Os editais das licitações foram publicados em jornais de circulação nacional.

 

Este é o maior lote de obras rodoviárias lançado até agora pelo Governo do Estado. As obras previstas beneficiam todas as regiões do Paraná. A abertura das propostas vai ocorrer entre 13 e 16 de fevereiro.

 

Segundo o governador, o programa será coordenado pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER), e terá o acompanhamento direto das superintendências regionais do órgão em Curitiba, Cascavel, Maringá, Ponta Grossa e Londrina, que serão encarregadas de fiscalizar o cronograma de obras.

 

As obras devem contemplar vários trechos de rodovias nas regiões Oeste e Sudoeste. Nesta terça-feira (02/01) o gerente de operações rodoviárias da Superintendência Regional do DER (Departamento de Estradas de Rodagem), em Cascavel, Julio Pacheco Monteiro Neto, concedeu entrevista a Onda Sul FM, de Francisco Beltrão, e explicou como serão executadas as obras. Segundo ele, os recursos serão aplicados gradativamente nos próximos três anos.

 

No Sudoeste, serão recuperados nessa primeira etapa os seguintes trechos de rodovias: PR 562 (Coronel Vivida a Honório Serpa), PR 281 (BR 373 a Chopinzinho), PRC 280 (Pato Branco a Palmas), PR 566 (Francisco Beltrão a Itapejara D´Oeste), PR 281 (Comunidade Vista Alegre a Dois Vizinhos), PR 471 (Nova Prata do Iguaçu), PR 475 (Verê a Francisco Beltrão), PR 592 (Nova Prata do Iguaçu), PRC 158( Vitorino a São Lourenço D´Oeste) e PR 918 (trecho da PR 493 a Bom Sucesso do Sul). Juntos, esses trechos somam aproximadamente 260 km, de acordo com o DER.

OUÇA entrevista