A sala de reuniões da Associação Empresarial de Francisco Beltrão tem capacidade para aproximadamente 50 pessoas sentadas. E na manhã de terça-feira, 12, ela ficou lotada no retorno do “Café Acefb”, tradicional encontro onde lideranças políticas, empresariais, autoridades e comunidade em geral debatem assuntos de interesse locais e regionais. O primeiro tema abordado foi “Como preparar a empresa para enfrentar o mercado em retração”, apresentado pelo consultor empresarial Naido Vedana, da Crescer Assessoria de Pato Branco. É justamente neste momento de incertezas que o Brasil atravessa que Naido foi convidado a dar dicas e informações aos participantes. “Os empresários devem selecionar as notícias que acompanham através da mídia. Feito isso, eles devem gerir essas informações e principalmente tomar atitudes em seus empreendimentos para reduzir os índices de endividamento das empresas”, destacou.

Naido sugere sempre a inovação, não apenas de investimentos em seus negócios, mas também nas atitudes, nunca esquecendo-se de “agradar” os seus clientes. Segundo o consultor, a maioria dos empresários falam que vão fazer isso ou aquilo, mas não põem no papel. “É preciso melhorar a comunicação nessas organizações, sair da informalidade. O empresário deve ser formal, reunir as avaliações de resultados junto aos seus colaboradores e cumpri-las.”

“Temos que treinar as pessoas adequadamente para que desempenhem suas funções com qualidade, estar atento aos processos internos dentro das organizações, além de melhorar a comunicação, buscar atingir as metas propostas e atender sempre muito bem seus clientes”, recomenda Naido.

Pergunta pertinente

Será que hoje adianta abrir uma revenda de carburadores? Com essa pergunta, Naido lembra que alguns empresários na década de 90, adquiriram grandes quantidades desses produtos automotivos, superlotando os estoques e que agora estão estocados, sem destino certo. “Tem empresário quer não se desfazer [dos carburadores]. É apenas um exemplo. É preciso desapegar, e inovar para crescer.”

Respirar outros ares

Marcos Guerra, presidente da Acefb, lembrou que “devemos sair da zona de conforto, ter atitude nas decisões. É por isso que somos uma das associações empresariais que mais tem evoluído no Paraná. Nós como entidade temos que ser uma ferramenta de suporte aos empresários”. Naido complementa e afirma que “é preciso sair de dentro das empresas e buscar novas ideias e repassar aos seus clientes de forma clara e objetiva. Mas é aquela história, não adianta saber o que tem que fazer, é preciso fazer.” Estar sintonizado com o cliente é outra dica importante de Naido. “Não basta ter bons programas de informática, dinheiro em caixa, as melhores máquinas. É fundamental investir nos profissionais da empresa e estar próximos dos clientes.”

Naido demonstrou no telão duas imagens: uma maratona, com atletas correndo, todos espalhados, e uma corrida numa pista de atletismo, com cada atleta em sua raia. “Qual corrida você quer participar”, indagou Naido.

Assinatura de termo de concessão

Arquitetos do Nudearq, Arthur Cantelmo e Bibyana Bernardon, presidente Marcos Guerra, prefeito Cantelmo Neto e diretor executivo da Acefb, Joares Ribeiro, no local onde será construída a nova sede da Acefb. Foto: Darce Almeida/Acefb.
  • Compartilhe no Facebook

Arquitetos do Nudearq, Arthur Cantelmo e Bibyana Bernardon, presidente Marcos Guerra, prefeito Cantelmo Neto e diretor executivo da Acefb, Joares Ribeiro, no local onde será construída a nova sede da Acefb. Foto: Darce Almeida/Acefb.

Em dezembro de 2015 foi aprovado, em votação unânime, pela Câmara de Vereadores de Francisco Beltrão, o projeto de Lei Nº 051/2015 que autoriza a prefeitura beltronense firmar Termo de Concessão de Direito Real de uso de imóveis com a Acefb. Os dois terrenos pertencem à prefeitura e será cedido em forma de concessão de uso de 20 anos – renováveis por igual período e estão localizados ao lado da Amsop, no Bairro Miniguaçu – um de 484 m² e outro de 968 m², totalizando 1.452 m².

O termo de concessão foi assinado durante o Café Acefb pelo prefeito Antonio Cantelmo Neto (PMDB) e pelo presidente da Acefb Marcos Guerra – a obra deve ser iniciada neste ano. O projeto vem sendo elaborado pelos arquitetos do Núcleo de Arquitetos e Urbanistas (Nudearq) da Acefb. “É uma alegria assinar esse termo de concessão, fruto dessa demanda da Acefb e dos empresários que utilizam a associação”. A fala de Neto vem de encontro à necessidade de a entidade oferecer um espaço maior aos empresários, visto que são promovidas diversas reuniões de núcleos setoriais, além de locações do espaço. O prefeito aproveitou para parabenizar todos os colaboradores da Acefb pelo empenho na realização da 27ª Expobel, realizada em março. “Essa decisão de construir a nova sede foi muito bem pensada, estudada pelos envolvidos nesse projeto. Tem mesmo que ser construída próxima ao parque de exposições. Talvez a atual sede da Acefb se torne no futuro uma secretaria municipal, visto que prédio da prefeitura está lotado”, finalizou Neto.