O Senador Roberto Requião(MDB/PR) manifestou preocupação quanto ao futuro da democracia e o risco de não ocorrer eleições em outubro de 2018. A manifestação foi feita durante o Programa Pauta Dinâmica na Rádio Club de Palmas, sul do Paraná, nesta terça-feira(27).

Após tecer críticas aos agentes políticos do governo do Estado e Federal pelo envolvimento em inúmeras denúncias de corrupção, o senador justificou sua preocupação pela rapidez do avanço dos interesses econômicos sobre o Brasil. “ Tenho medo, quem domina o Brasil é o capital financeiro, os rentistas”, disse ele. Conforme o senador, atualmente cinco brasileiros tem renda maior que 100 milhões de brasileiros.

Citou como exemplo, a autorização para compra, sem limite, de terras a grupos estrangeiros; a venda do aquífero Guarani, a Embraer, Pré-Sal, a privatização do ensino e saúde pública.

Para o parlamentar, o país foi invadido por interesses expressos na globalização do liberalismo econômico, o que considerou,  uma volta à barbárie. “ É o fim da solidariedade na administração do mundo”, .

Alertou que o risco está na eventual impossibilidade absoluta de apresentar e eleger um candidato que atenda seus interesses, tentem evitar o processo eleitoral.

OUÇA A ENTREVISTA NA ÍNTEGRA