A exemplo de reportagem já publicada no portal RBJ, ainda em 2013, a produção de amoras e mirtilo em Palmas, sul do Paraná, foi novamente destacada em reportagem pelo jornalista André Amorim no Boletim Informativo da FAEP – Federação da Agricultura do Estado do Paraná.  

Mirtilo e amora produzidos em Palmas ganham centros consumidores do país

A recente publicação ilustra a atividade desenvolvida, desde 2005, pelos produtores Maria de Lourdes Giotto e seu filho Marco Giotto, na Fazenda Capão Seco, há poucos quilômetros do centro da cidade, com uma produção anual de aproximadamente 15 toneladas dos frutos. O pomar de Palmas atualmente é considerado o maior do país e toda a produção é orgânica e destinada  para indústrias de geleias e sorvetes em São Paulo e Minas Gerais.

Os produtores pretendem expandir a produção através do modelode parceria. A proposta é produzir mudas e formar um grupo de agricultores familiares da região de maneira integrada, com o objetivo de expandir o volume de produção melhorando, com isso,  a colocação no mercado e também  redução de custos de logística. O portal RBJ reproduz a reportagem do Boletim da FAEP.