O deputado estadual Reichembach esteve na tarde de segunda-feira, 29, em reunião com o Secretário da Casa Civil, Eduardo Sciarra. Na oportunidade, o Reichembach levou pleitos dos municípios que representa, e também falou sobre a Lei do Calcário, lei esta que o deputado propôs alterações para beneficiar ainda mais os agricultores paranaenses.

A lei 11.175 de 11 de setembro de 1995, conhecida como Lei do Calcário ou Lei Zucchi, criou o programa permanente de fornecimento do insumo agrícola subsidiado em 70% do valor final para a correção da acidez do solo de propriedades rurais, principalmente os micro e pequenos produtores. A sugestão do deputado Reichembach é que no texto da lei sejam incluídos, além do calcário, outros corretivos de solo e fertilizantes químicos e orgânicos, como fósforo, adubo orgânico, entre outros.

“Estou em entendimento com o Governo do Estado para que esta alteração no texto da lei ocorra em breve e beneficie cada vez mais os agricultores paranaenses, alavancando a produção agropecuária do estado”, afirma Reichembach.

O deputado Reichembach é coordenador da Frente Parlamentar em Apoio à Cadeia Produtiva do Leite na Assembleia Legislativa do Paraná, e afirma que caso a alteração na Lei do Calcário seja aprovada, os insumos agrícolas utilizados nas pastagens também vão contribuir para o crescimento do setor no Paraná.