O Deputado Estadual, Wilmar Reichembach, líder do PSC na Assembleia Legislativa do Paraná, comentou em entrevista à Rádio Onda Sul FM, seu posicionamento em relação ao fim da aposentadoria para Governadores. Como se trata de uma emenda à constituição do estado, é necessária uma comissão especial, que conta com cinco Deputados, incluindo Reichembach.

Integrante dessa comissão que irá discutir a PEC da aposentadoria, sua posição foi favorável ao fim da aposentadoria para ex-governadores, inclusive de forma retroativa, “apresentamos um projeto de lei no ano passado junto com o então Deputado Ratinho Junior, hoje Governador, mas por questões internas, prazos, eleições, ela acabou não sendo apreciada e ficou um compromisso do governador desse ano, apresentar a matéria”.

  • Compartilhe no Facebook

Deputado Wilmar Reichembach (PSC). Foto: Pedro de Oliveira/Alep

Esse foi o primeiro projeto que o Executivo encaminhou para Assembleia propondo a extinção da aposentadoria dos ex-governadores, com vigência a partir deste ano. Desse modo, os primeiros que não receberiam seriam o próprio Governador Ratinho Junior e o vice-governador Darci Piana.

Segundo ele, é uma discussão que se faz necessária, porque no Paraná os governadores e mesmo vice-governadores, quando assumem por 8 ou 9 meses, saem aposentados com mais de R$ 30 mil por mês, “é uma matéria difícil de trabalhar, são pressões de toda ordem, principalmente porque afetam alguns interesses”. Porém, ele conta com apoio dos demais deputados, “estamos respaldados pelo PSP, cinco deputados são favoráveis não só em relação aos ex-governadores futuros, mas também que essa matéria possa ser retroativa”, como ocorreu no Mato Grosso, após decisão do Supremo Tribunal Federal.

“Estou bastante otimista com a aprovação porque o momento, o ambiente no Brasil, acredito que a maioria da população concorda que a mudança seja realizada. Então dentro desse ambiente acredito que a matéria tem grande chance de ser aprovada no plenário, que seria o segundo passo depois dessa comissão”, destaca.

O Deputado optou por deixar claro seu posicionamento favorável, de modo a diminuir as abordagens, já que ambiente é de bastante pressão e com alguns momentos tensos. Nos municípios em que tem atuação, Reichembach está constatando aprovação da população, “estamos nos sentindo bastante respaldados, fortalecidos na proposta, as pessoas acompanham muito pela rede social, TV, participam e apoiam essa mudança”.

Por fim, destaca que na Assembleia Legislativa do Paraná, ao contrário do que muitos pensam, não existe aposentadoria do Deputado, mudança que ocorreu há alguns anos.

Confira a matéria na íntegra: