Após o inicio da implantação do novo sistema viário no perímetro urbano de Palmas, sul do Paraná, o fato está cercado de variadas manifestações: apoio, contestações, reclamações. Além disso, em alguns pontos, as mudanças de sentidos de ruas têm causado frequentes acidentes.

Acostumados por longos e longos anos, a condução de veículos se tornou quase que automática, rotina que foi quebrada com as alterações de tráfego. Um dos pontos mais críticos é o cruzamento entre as ruas Dr.Bevilácqua com a Dr.Bernardo Ribeiro Vianna, que sempre foi a preferencial, até a mudança. Em, aproximadamente, dois meses da mudança de sentido, o volume de acidentes no local já ultrapassa uma dezena.

A câmera de monitoramento de um dos prédios da localidade flagrou a colisão entre dois veículos na manhã de quarta-feira (26).