O Ministério da Saúde publicou portaria que aprova o repasse anual de mais de R$ 6,3 milhões, por meio do Fundo Nacional de Saúde (FNS), para o Plano de Ação Regional da Rede Cegonha do Paraná e dos seus municípios, referente às regiões Oeste e Sudoeste do Paraná.

Os repasses serão realizados em parcelas mensais, e são provenientes dos recursos do Bloco da Atenção de Média e Alta Complexidade Ambulatorial e Hospitalar. Esses valores serão responsáveis pela implementação do Plano de Ação.

O prefeito reeleito de Pato Branco, Augustinho Zucchi, comemorou o resultado e a importância dos recursos para a região. “Estou muito feliz com a divulgação do Ministério da Saúde. São recursos que vão aperfeiçoar nosso atendimento médico-hospitalar, trazendo mais qualidade para a saúde da nossa região”, destacou.

Serão contemplados os municípios de Cascavel, no Hospital São Lucas e no HUOP – Hospital Universitário do Oeste do Paraná; de Foz do Iguaçu, no Hospital Ministro Costa Cavalcanti; de Francisco Beltrão, no Hospital Regional do Sudoeste Walter Alberto Pecoits; de Pato Branco, na Policlínica Pato Branco ISSAL – Instituto de Saúde São Lucas; e de Toledo, na HOESP – Associação Beneficente de Saúde do Oeste do Paraná.

Urgência e Emergência

Ainda na edição do Diário Oficial da União de 27 de dezembro de 2016, o Ministério da Saúde também estabeleceu o montante anual de R$ 21,3 milhões direcionados para Componente Hospitalar do Plano de Ação Regional da Rede de Atenção às Urgências e Emergências do Estado do Paraná, contemplando mais uma vez aMacrorregião Oeste.

Os repasses mensais regulares e automáticos serão feitos via Fundo Nacional de Saúde (FNS), com recursos do bloco da Atenção de Média e Alta Complexidade Ambulatorial e Hospitalar. As verbas vão custear a ampliação de serviços hospitalares e ambulatoriais que aumentará o acesso da população a atendimento no SUS.

De acordo com o ex-prefeito de Francisco Beltrão, Antonio Cantelmo Neto, essa demanda foi atendida com o apoio da Bancada Federal do Paraná. “Graças ao empenho dos nossos deputados federais, estamos conquistando esses importantes valores. Agora, nossos hospitais terão melhores condições de atendimento e tratamento de urgência e emergência com essa liberação” afirmou.

Para o deputado federal Zeca Dirceu, a liberação dos repasses é resultado de um esforço conjunto dos parlamentares paranaenses junto ao Ministério da Saúde. “Essa é uma vitória para a Macrorregião Oeste do estado. Nós da bancada federal do Paraná lutamos por esses recursos, e agora vamos vê-los sendo aplicados na melhoria da saúde pública do Paraná. São recursos que vão beneficiar a parcela da população mais carente, portanto é muito gratificante ver nossos projetos se concretizando, por meio dessas duas portarias”, ressaltou.

Receberão esses recursos do FNS os municípios de Cascavel, no CEONC – Centro de Oncologia Cascavel, Hospital do Câncer de Cascavel – UOPECCAN, Hospital Salete, Hospital São Lucas FAG e Hospital Universitário do Oeste do Paraná; de Foz do Iguaçu, no Hospital Ministro Costa Cavalcanti, Hospital Municipal Padre Germano Lauck; de Francisco Beltrão, no CEONC – Centro de Oncologia Cascavel, Hospital Regional do Sudoeste Walter Alberto Pecoits F B, Hospital São Francisco; de Medianeira, no Hospital e Maternidade Nossa Senhora da Luz; de Palmas, no Hospital Santa Pelizzari; de Pato Branco, no ISSAL – Instituto de Saúde São Lucas e Policlínica Pato Branco; e em Toledo no HOESP Associação Beneficente de Saúde do Oeste do Paraná.

Recursos para educação de Francisco Beltrão

O município de Francisco Beltrão recebeu, por meio do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), parcelas que somam R$ 173 mil para a continuidade da construção de duas escolas. O investimento total para as três obras soma mais de R$ 2 milhões e o recurso foi conquistado com apoio do deputado federal Zeca Dirceu, em Brasília.

Para a construção da Escola Municipal Epitácio Pessoa foi paga uma parcela no valor de R$ 122 mil. A unidade escolar contará com 6 salas de aula e o investimento total soma R$ 1 milhão. Para as obras da Escola Municipal Juscelino Kubischek foi repassado R$ 51 mil, parcela referente ao total de R$ 1 milhão conquistados para a construção da sede que conta com 6 salas e será inaugurada oficialmente em breve.