A região sudoeste do Paraná obteve uma participação de destaque no Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor 2013. Com projetos de incentivo à cultura empreendedora, inovação e apoio às micro e pequenas empresas, os prefeitos de Pato Branco, Augustinho Zucchi; de Dois Vizinhos, Raul Isotton; e de Chopinzinho, Leomar Bolzani, foram finalistas da 8ª edição do Prêmio.

Na cerimônia de premiação, realizada no final de novembro, Pato Branco e Dois Vizinhos sagraram-se vencedores nas categorias Melhor Projeto e Compras Governamentais, respectivamente, e disputarão a premiação nacional em 2014.

O prefeito de Pato Branco, Augustinho Zucchi, venceu na categoria Melhor Projeto, com o case “Pato Branco: Terra de Gente Empreendedora e Inovadora”. O projeto inscrito no Prêmio envolveu ações direcionadas para o desenvolvimento econômico, científico e comunitário, com foco na criação de um novo ciclo de oportunidades para pessoas, entidades e empresas.

Em Pato Branco, o caminho para o desenvolvimento na visão do gestor público foi potencializar o empreendedorismo e a criatividade por meio da inovação permanente. Inovação passou a ser a palavra de ordem para a organização de um projeto macro, que envolve alunos das escolas públicas municipais, alunos do ensino médio, ciência, pesquisa, oportunidade e empresas já estabelecidas no ramo de tecnologia, principalmente de Tecnologia da Informação (TI).

Integraram o projeto inscrito no Prêmio iniciativas da administração pato-branquense, como a distribuição de tablets para alunos, formação de mão de obra, criação da Secretaria Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação, feira tecnológica e incubadora de empresas. 

“Foi uma honra receber um prêmio conceituado, idôneo, que vencemos com base em projetos desenvolvidos pela administração com o apoio fundamental das entidades de Pato Branco. Nosso município é diferenciado, as pessoas são empreendedoras, trabalham, inovam e, por isso, acreditamos nesse caminho para construir um futuro melhor para nossa população”, comemora Zucchi.

Com o tema “Participar é empreender. O Micro e Pequeno Empreendedor por dentro das licitações públicas. Sua empresa participa, o município ganha e todos crescem”, o prefeito de Dois Vizinhos, Raul Isotton, venceu na categoria Compras Governamentais. Percebendo a necessidade de fortalecer a presença de micro e pequenas empresas nas compras públicas, o prefeito abriu as portas para a participação do segmento.

A solução encontrada para fazer micro e pequenos, bem como microempreendedores individuais, participarem das licitações foi utilizar a comunicação para tirar dúvidas e mostrar as oportunidades que as compras públicas ofertavam. A Prefeitura passou a intensificar avisos e orientações em programas de rádio, no informativo da Associação Comercial e Empresarial de Dois Vizinhos (ACEDV), no site do município, quadro informativo e correspondência direta para os empreendedores.

“Nos micro e pequenos empreendimentos estão a ampla maioria dos empresários e trabalhadores. Acredito que a Prefeitura, pelo seu orçamento, estrutura e importância pode ser um diferencial no fortalecimento do pequeno empreendedor. Se direcionarmos esforços para que estes possam participar e usufruir das oportunidades que a máquina municipal oferta por meio dos processos licitatórios, bem como de outras iniciativas, seguramente todos ganham”, comenta Isotton.

Sobre vencer o Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor, o prefeito acredita que o fato renderá divulgação à cidade e motivação para a Prefeitura seguir o projeto.  “Realmente, é motivo de orgulho e satisfação. Mas, também, é uma grande responsabilidade. Temos consciência que a partir de agora, a proposta ganha ainda mais sentido. Como é um projeto em andamento, essa oportunidade nos deu novas motivações, por isso já determinei que a ideia seja encorpada e que possamos ser um exemplo sim para outros municípios”, projeta Isotton.

Para o gerente regional do Sebrae/PR no Sudoeste, Joailson Agostinho, a participação e resultados dos prefeitos da região  no Prêmio apontam para processos inovadores de desenvolvimento, com ênfase no empreendedorismo e apoio às micro e pequenas empresas. “Nos três finalistas e nos cases apresentados pelos vencedores em duas categorias, ficou evidente a intenção de utilizar a inovação e a cultura empreendedora para construir projetos que contemplam um ambiente de desenvolvimento. É importante para a região e para os municípios participar e mostrar que temos bons exemplos na administração pública municipal”, completa Joailson.