Dando continuidade a fiscalização para coibir a pesca predatória na região, a Polícia Ambiental fez novas apreensões durante o final de semana. Durante verificação de denúncias, equipes estiveram na represa de Santo Santiago e no Cavernoso, em Candói.

Na ocasião, foram apreendidos 200 metros de redes de diversas malhas e 15 boias loucas. Ninguém foi preso. Os materiais apreendidos foram encaminhados ao Pelotão da Polícia Ambiental de Segredo para destruição.

A Polícia Ambiental informa que as denúncias sobre crimes ambientais devem ser feitas através do telefone 181 ou pelo email: [email protected]

https://www.facebook.com/radioextra107/videos/362387587659959/?__xts__%5B0%5D=68.ARBVN_Z9LwEcNwPjO97jqi2XJygyQElqrxwPnghuhBL06TYx5VCOirKfU2jOd0_2QERwUlviVF2-4UAkpjKhfjd6M6e9GQQsRhN3gDn-9d8J303ZuBT-6jyMoWagdg8O2i5gxERrO62g5vDGBBYlIu673iBaihA6IL9q88TEOLvsOB3Dz6pkoQkFvSJE4QLnwCcL_t5al4ZozsQQCHv0qTjbbaqbLMqrtxkRpStnZf8pB5DxoFKXPukQMrkmBsa_OeRAIWmtaPzZqPWODU5FCxHclZ8yfbrJ1ERjlQI-tb8Q2Mmpk473D9W3aHbwK8dVBWvYQ0TnHAY25Tu1RUUpKHi8BcrTvrE-7YTqGHxAoncWIgdQ10H_0qYfBOHZvy7zk_OQAg&__tn__=-R