Por Larissa Mazaloti

 

Eleita em dezembro, a primeira mulher a presidir a Câmara de Vereadores de Francisco Beltrão, Atanázia Helmann Pedron (PP) aproveita o período de recesso para conhecer melhor o funcionamento da câmara. De acordo com ela, somente como vereadora não se conhece profundamente os detalhes. Para isso, ela conta com os funcionários efetivos da Casa de Leis.

 

Uma das decisões que a nova presidente precisa tomar é sobre o quadro de funcionários que ocupam cargos de confiança. Dos que atuaram na gestão do vereador Ivo Santos em 2010, alguns são cotados para permanecer, mas novos nomes surgirão. Atanázia relata que está dialogando com os demais vereadores e com os demais funcionários. “Esta semana devemos definir alguma coisa. Não temos pressa porque as atividades ordinárias recomeçam apenas no dia 15 de fevereiro”, explica.

 

Sobre a construção do novo prédio do legislativo beltronense Atanázia lembra que já há o projeto executado e também no orçamento e logo nos primeiros dias depois do recesso, os vereadores devem dar encaminhamento ao assunto.

 

Sobre ser a primeira mulher a frente da mesa diretora em toda a história da cidade ela garante que os trabalhos devem continuar normalmente. “Temos regimento interno a cumprir, lei orgânica, e não podemos fugir disso, mas vou tentar colocar a parte feminina, e também de professora que sou, abrindo mais para o público”, diz.
Atanázia que foi líder do governo municipal afirma que o bom relacionamento com o prefeito Wilmar Reichembach (PSDB) continua. Segundo ela, o que é bom para o município sempre foi aprovado e deve continuar assim. “Temos que conversar sempre. Não queremos nada aprovado na marra”, enfatiza.

 

(Entrevista de Everton Leite, para a Onda Sul FM)