Na semana do dia 27 a 31 de maio, a Secretaria de Saúde de Chopinzinho, através do Departamento de Vigilância em Saúde, fez o LIRA (levantamento de índice de larvas) no município. O resultado foi de 1,7, que enquadra Chopinzinho como risco médio em relação à proliferação do mosquito da dengue, o Aedes Aegypti.

A Diretora do Departamento de Vigilância, Sandra Silva Toigo, enfatiza que “para esta época do ano, pleno inverno, nosso índice ainda está alto. Mais uma vez a parceria com a população é essencial, pois além da dengue o mosquito transmite outras doenças. Os cuidados não devem parar, pois a dengue necessita ter ações no ano todo”. Ainda, ela destaca que não tivemos nenhum caso de dengue positivo no nosso município.

A dengue é uma doença com maior incidência no Brasil, atingindo a população de todos os estados, independente da classe social. Neste cenário, torna-se necessário que se trabalhe com a prevenção em um conjunto de ações para a prevenção da doença, permitindo assim a identificação precoce dos casos de dengue, a tomada de decisão e a implantação de medidas de maneira oportuna.

“É fundamental que todos façam sua parte, é preciso que toda a população se envolva no combate a este mosquito, pois a conscientização de todos é de suma importância para o desenvolvimento maior das ações”, lembra a Secretária de Saúde, Vilmarize Buffon.

Cada um é responsável por manter sua casa, jardim e seu pátio em ordem, evitando o acúmulo de lixo e materiais que podem acumular água, e com isso, virar criadouros do mosquito da dengue. Manter caixas de água, cisternas e outros depósitos de água bem tapados, trocar a água das plantas e dos animais diariamente, estes cuidados são essências para a não proliferação do mosquito.

Fonte e foto: Assessoria da prefeitura.