Foi realizada nesta quarta-feira (20), na Câmara de Vereadores, a segunda audiência pública do Plano Diretor do município de Palmas. Membros do Poder Público, integrantes de entidades da sociedade civil e comunidade em geral participaram das discussões.

  • Compartilhe no Facebook

Foto: Omar Colla

De acordo com o diretor e coordenador da URBTEC, empresa que presta consultoria ao município na elaboração do plano, Gustavo Taniguchi, esta audiência serviu para a apresentação e o debate com a comunidade sobre o diagnóstico realizado sobre o município.

Esse diagnóstico foi elaborado com base em informações fornecidas pela prefeitura e órgãos públicos municipais, além da participação da comunidade através das Oficinas de Leituras Comunitárias.

Aponta Taniguchi, que durante os trabalhos, puderam ser levantadas deficiências e também potencialidades do município, pontos que seguirão em discussão com a comunidade, que pode participar efetivamente na elaboração do Plano Diretor, apresentando suas sugestões através da página da prefeitura municipal na Internet.

O Plano Diretor Municipal é um instrumento previsto no Estatuto da Cidade, cuja finalidade é orientar a atuação do poder público e da iniciativa privada na construção dos espaços urbano e rural na oferta dos serviços públicos essenciais, visando assegurar melhores condições de vida para a população. Ele deve ser revisto a cada 10 anos, como forma de evitar que políticas públicas de desenvolvimento fiquem defasadas.