Foi realizada na última sexta feira dia 10 de maio nas dependências da Câmara Municipal de Palmas a Conferência Municipal das Cidades. O evento é pré-requisito para que o município possa participar das Conferências Estadual e Nacional que ocorrem ainda este ano.

Estiveram presentes no evento o prefeito municipal João de Oliveira, o vice-prefeito Nestor Mikilita, vereadores e pessoas ligadas ao setor de engenharia e arquitetura de Palmas, bem como representantes de entidades e comunidade em geral.

O tema abordado neste ano foi “Quem Muda a Cidade Somos Nós: reforma Urbana Já”, durante todo o dia foram desenvolvidos debates em torno de quatro eixos principais sendo eles: participação e Controle Social no Sistema de Desenvolvimento Urbano – SNDU; Fundo Nacional de Dsenvolvimento Urbano – FNDU; Instrumentos de Integração Intersetorial e Territorial; Políticas de Incentivo à Implantação de Instrumentos de promoção da função social da propriedade.

O evento, reflete sobre avanços, dificuldades e desafios na implementação da Politica de Desenvolvimento urbano. Durante a manhã, a arquiteta Sandra Lazaretti  debateu sobre as políticas de desenvolvimento urbano municipal,já a Professora do curso de Engenharia Civil do IFPR Joyce Ronquim discorreu sobre Acessibilidade e Mobilidade Urbana. No período da tarde o engenheiro agrônomo Gilmar Rietter falou sobre a Agenda Parlamentar do CREA, os trabalhos foram encerrados por volta das 16h com os debates e apresentação das propostas do município de Palmas que serão levadas para a Conferência estadual das Cidades que acontece no mês de agosto em Foz do Iguaçú, para isso foram eleitos os delegados e suplentes de Palmas.

O prefeito municipal João de Oliveira que participou da abertura da conferência ressaltou a importância da realização da Conferência das cidades norteando o rumo de crescimento sustentável para Palmas e disse que é necessário o envolvimento da sociedade para as mudanças especialmente dos técnicos da área.