A tentativa de um jovem em se dar bem e faturar um “possante”, resultou numa confusão, na qual o rapaz acabou levando uma tunda de laço, em General Carneiro, sul do Paraná.

De acordo com o boletim de ocorrência, o jovem de 20 anos, temente à Deus, teria ido à casa de senhor, já idoso, lhe aplicar ensinamentos bíblicos. Durante a aula, o telefone celular do idoso tocou. O rapaz, professor da Bíblia, seguidor dos 10 Mandamentos e conhecedor dos males da ganância, atendeu o celular. Do outro lado da linha, uma alma caridosa, informava que o proprietário do telefone havia sido “abençoado” com um carro zero Km. “Glória a Deus!”, deve ter pensado o rapaz, já imaginando-se na boléia do carango e passando a perna no idoso, que era o dono da linha telefônica.

Durante a conversa, ele foi informado que para retirar a sua “benção” era necessário um pequeno “donativo” para a obra, no valor de R$ 670,00 em créditos para um determinado celular. O rapaz saiu em disparada, entrou no primeiro estabelecimento comercial e deu a sua contribuição. Porém, em poucos minutos o rapaz foi do “céu ao inferno”, percebendo que havia sido vítima de um estelionato. Se já não fosse o bastante a desilusão de não ganhar o carro, o jovem não tinha como pagar os R$ 670,00 em crédito que ele havia adquirido e repassado para os criminosos.

O proprietário do estabelecimento comercial, prevendo o prejuízo que estava tomando, deu uma camaçada de pau no rapazinho religioso, que precisou de atendimento hospitalar em decorrência dos ferimentos. Em seguida, teve que prestar esclarecimentos para a Polícia.