Se apresentou na 5ª SDP de Pato Branco na tarde de sexta-feira (26) o rapaz de 19 anos, que assumiu a autoria da morte do próprio pai Claudemir dos Santos, 40 anos. Ele prestou depoimento ao delegado Alexander Meurer, apresentou a arma um revólver calibre 38 sem marca e sem numeração, com dois cartuchos intactos e quatro deflagrados.

Segundo informações o rapaz declarou no seu depoimento que agiu em legitima defesa, pois o pai estava armado com um facão e partiu para cima dele para mata-lo, quando efetuou os disparos que atingiram e mataram Claudemir. Após o depoimento o rapaz foi liberado e vai aguardar a decisão judicial em liberdade. Segundo a polícia, o pai tinha histórico de violência familiar.

O CRIME 

O crime aconteceu na noite desta quinta-feira (25), na rua das Margaridas, Bairro Novo Horizonte. Claudemir dos Santos, 40 anos, foi atingido por disparos de arma de fogo e morreu antes mesmo de receber atendimento do SAMU. O local foi isolado até a chegada da Polícia Civil e da Criminalística. Após a perícia, o corpo foi recolhido ao IML de Pato Branco.