Uma rixa familiar resultou em uma tentativa de homicídio contra um homem de 80 anos. O autor das agressões foi o neto do idoso, um rapaz de 24 anos.  O caso foi registrado durante o final de semana de Páscoa, no interior de General Carneiro, sul do Paraná.

Conforme informações da Polícia Militar, o idoso compareceu ao Destacamento, relatando que seu neto veio até sua casa, no assentamento Catequese, proferindo palavras de baixo calão, dizendo que ia matá-lo. Com medo da reação do rapaz, o senhor permaneceu dentro de sua casa. No entanto, percebendo que o avô não saia de dentro da casa e não esboçava nenhuma reação de revidar as ameaças, o neto arrombou a porta e invadiu a residência.

Segundo a vítima, houve luta corporal, sendo que o neto em posse de uma barra de ferro e desferiu um golpe, atingindo o peito do avô. O jovem também portava uma espingarda. Percebendo que a arma estava descarregada, o idoso, de posse de uma foice, golpeou o cano da arma, entortando-o.

Após isso, o jovem saiu, tomando rumo ignorado, retornando pouco depois, portando outra espingarda. Ele efetuou diversos disparos conta a casa do avô, sendo que um os projéteis atingiu o braço do idoso. De posse das informações, a PM se deslocou até o assentamento, localizando o autor das agressões. Na propriedade também foram encontradas duas espingardas .32, uma espingarda .28 e farta munição.

Questionado sobre as agressões contra o avô, o jovem, que já possui passagem pela Polícia por furto, relatou que possui muitas desavenças com o mesmo. O idoso recebeu atendimento médico no hospital de General Carneiro. Na sequência, as partes envolvidas foram encaminhadas à 4ª Subdivisão Policial de União de Vitória.