Nos seus dez anos de existência, a Rádio Onda Sul FM conquistou espaço de destaque na imprensa regional. A começar, pela proposta inovadora, valorizando o jornalismo em tempo integral. O pioneirismo ficou claro já no início de atividades, ao adotar em boa parte de sua programação o jornalismo no estilo Talk News em uma emissora de Frequência Modulada, o que nenhuma rádio da região fazia na época (2008). No início do ano seguinte, inovou novamente ao iniciar as transmissões esportivas.

  • Compartilhe no Facebook

Solenidade de inauguração da Onda Sul / Foto: Arquivo

A Onda Sul iniciou suas atividades em caráter experimental no dia 15 de agosto de 2008, com o objetivo de ser a primeira rádio FM da região Sudoeste do Paraná com sua programação voltada para o jornalismo. Entre os presentes estava o seu idealizador, Dom Agostinho Sartori, bispo emérito da diocese de Palmas e Francisco Beltrão. O sonho de uma emissora de rádio em Francisco Beltrão foi acalentado por Dom Agostinho. Mesmo em uma cadeira de rodas, ele participou da inauguração. Dom José Antonio Peruzzo, então bispo titular da diocese, destacou que a nova emissora estava chegando para ser uma rádio diferente e atuar integrada à comunidade.

A empreitada começou bem antes, com um edital de concorrência aberto em 2001. A emissora obteve o máximo de pontos na proposta técnica e ofereceu a maior proposta financeira. Após dez anos de atividades, em 2018 a emissora teve aprovado o projeto de ampliação de potência, passando de 1kwts para 2,7 kilowatts, o que representa quase o triplo da potência inicial, passando a gerar sinal mais forte e com alcance mais amplo.

A criação da rádio atende a uma diretriz da Diocese de Palmas – Francisco Beltrão, consciente de sua missão e atenta aos apelos da evangelização, bem como a necessidade em ocupar espaço junto aos Meios de Comunicações de Massa. A escolha do rádio se justifica pela sua agilidade e capacidade de presença junto as comunidades e por conseguir ser o espaço privilegiado da informação local e regional.

 

Rede Bom Jesus de Comunicação

A diocese entende que as rádios, quando bem conduzidas, transformam-se num um espaço privilegiado de formação, informação e Evangelização, servindo como instrumento de construção da cidadania. Consciente da importância da radiodifusão para a região a Diocese de Palmas-Francisco Beltrão Criou em 2004 “REDE BOM JESUS DE COMUNICAÇÃO”.

A Rede é integrada pelo site www.rbj.com.br e pelas Rádios, Club FM e Horizonte FM em Palmas, Rádio Extra FM de Chopinzinho. E também pela Rádio Onda Sul FM, cuja razão social é “Rádio Quiguay”, palavra usada pelos índios Kayngangue para designar “aquele que vem de longe e traz coisas boas”.

No discurso de inauguração da emissora, Adair Detoni, diretor da Onda Sul, apresentou a proposta: “Gostaria, neste momento, de saudar a população de Francisco Beltrão e região e trazer este presente para este público que tem sede de informação, que tem sede de uma rádio que seja ouvidos… e que dê voz para aqueles que precisam se manifestar”. Desde seu início, a rádio procurou sempre ser a porta-voz dos anseios da comunidade, numa interação permanente.

Passados dez anos, a equipe continua fiel à missão proposta: “À luz da verdade e da orientação cristã: ser portador da “Boa Nova”, promover a difusão da informação, cultura e entretenimento, contribuindo com o desenvolvimento local e regional e com a formação de uma consciência crítica, participativa e solidária”. Continua muito vivo o objetivo de “construir uma emissora capaz de surpreender seus ouvintes, conquista-los e fidelizá-los através de uma programação dinâmica e rica em conteúdo, tendo como pilares a informação local e regional, a comunicação dinâmica e de alto astral e o bom gosto da programação musical”.

A Onda Sul é ZYT 929, freqüência de 98,7 Mega Hertz , canal 254.

 

Fotos da equipe e emissora nos seus 10 anos