Um acidente aéreo neste domingo (22) matou o deputado estadual Bernardo Ribas Carli Filho, de 32 anos. O jovem parlamentar seguia de sua cidade natal. Guarapuava, até União da Vitória e o avião em que viajava acompanhado de mais duas pessoas, piloto e co-piloto, caiu numa plantação de pinus em Paula Freitas, no sul do Estado. O deputado e os outros dois tripulantes morreram na hora.

O acidente aconteceu por volta das 11 horas da manhã, porém somente no início da tarde foi confirmado que se tratava do deputado do PSDB. Os corpos foram recolhidos ao IML de União da Vitória e liberados após necropsia. Peritos da Criminalística estiveram no local do acidente acompanhados da Polícia Civil, que vai investigar o acidente. A Aeronáutica também foi comunicada e vai abrir procedimento de investigação.

Bernardo Carli é filho do ex-prefeito de Guarapuava Fernando Ribas Carli, que também ocupou cargos de deputado estadual, federal e foi chefe da Casa Civil. O jovem parlamentar estava em sua segunda gestão. O corpo está sendo velado na prefeitura de Guarapuava.

O prefeito Cezar Silvestre Filho lamentou profundamente a morte e decretou luto oficial de três dias. A colega de Assembleia Legislativa, Cristina Silvestre (PPS), que também é de Guarapuava, foi outra a lamentar o ocorrido. Em nota divulgada em seu perfil no Facebook, se solidarizou com a família Carli pela perda tão prematura do deputado. A governadora Cida Borghetti (PP) também usou as redes sociais para expressar sua tristeza com a perda do parlamentar. Prefeitos da região central, centro e sul do Estado, atendidos por Bernardo Carli,também lamentaram a morte e decretaram luto oficial de três em seus municípios.

Fotos: Divulgação WhatsApp 

A Assembleia Legislativa emitiu nota de pesar e decretou luto oficial

“A Assembleia Legislativa do Paraná lamenta informar a morte do deputado estadual Bernardo Carli (PSDB) em acidente aéreo ocorrido na manhã deste domingo (22). O parlamentar estava se deslocando de Guarapuava, sua cidade natal, para União da Vitória, onde era aguardado pelo prefeito Santin Roveda. O piloto e o copiloto da aeronave também morreram.

Bernardo Carli tinha 32 anos e estava exercendo seu segundo mandato. Entre os principais projetos de Lei aprovados pelo deputado estão o que garante aos doentes de câncer a isenção fiscal no estado Paraná. Ainda, a lei que reserva vagas para pessoas com deficiências na terceirização de serviços públicos.

Outra lei de autoria de Carli é a que exige a identificação de membros de torcidas organizadas nos estádios de futebol.

A Assembleia Legislativa decretou luto oficial de 3 dias em razão da morte do deputado. 

Trajetória

Bernardo Ribas Carli era natural de Guarapuava, no interior do Estado, e graduado em Administração de Empresas.

Era presidente da Comissão de Esportes da Assembleia Legislativa e coordenador da Frente Parlamentar dos Produtores de Energia Elétrica. Bernardo integrava ainda o Bloco Parlamentar da Agricultura Familiar e o Bloco Parlamentar Digital.

Começou a se interessar pela política ainda pequeno, convivendo com seu pai, Fernando Ribas Carli, que foi Prefeito de Guarapuava por três mandatos, Deputado Federal, Deputado Estadual e Chefe da Casa Civil do Paraná.

Aos familiares das vítimas, assessores e amigos, os mais sinceros sentimentos da Assembleia Legislativa do Paraná”.