Por Evandro Artuzi

Quatro pessoas que viajavam em um Celta com placas de Coronel Vivida morreram após se envolver num grave acidente nesta sexta-feira (03), por volta das 14h30, na PRC 158, entre Chopinzinho e Coronel Vivida.
O Celta, placas AMF 5414 de Coronel Vivida, conduzido por Nelson Loureiro de Mello, 32 anos, colidiu frontalmente com o Caminhão Wolkswagem, placas ALV 8447 de Cafelândia, conduzido por Moacir Cassiano Libardi. O acidente também envolveu o Del Rey, placas ALO 1977 de Pato Branco, conduzido por Jota Gertrudes. O carro colidiu na traseira do Caminhão.
Devido ao impacto da colisão o motorista do Celta, Nelson Loureiro de Mello, e os passageiros Mauro Inácio da Veiga, 26 anos, Vilso Ribeiro, 29 anos, e Renan de Souza Sá, 21 anos, morreram na hora. A colisão aconteceu após uma tentativa de ultrapassagem mal sucedida feita pelo condutor do Celta, segundo declaração do motorista do Caminhão, que seguia sentido a Chopinzinho.
O local do acidente foi isolado pela Polícia Rodoviária Estadual, após a liberação dos corpos das ferragens, até a chegada dos peritos do Instituto de Criminalística de Francisco Beltrão. De acordo com o Sargento Isacar, da PRE, a imprudência foi à principal causa do acidente.
O condutor do Caminhão e do Del Rey nada sofreram. Os corpos das vítimas fatais foram encaminhados ao IML de Pato Branco. Esse foi o primeiro acidente com morte neste mês de dezembro. As vítimas eram todas de Coronel Vivida.

OUÇA