Um protesto de moradores no Bairro Eldorado em Palmas, na tarde desta quinta-feira (26), deixou por aproximadamente duas horas o acesso ao bairro fechado. Os moradores reivindicam travessias elevadas, um ponto de ônibus, um portão na escola Jose Luiz Andraschko e calçadas.

  • Compartilhe no Facebook

As negociações para liberação da via aconteceram através da Polícia Militar, que mediou as conversas entre o poder público e representantes da associação de moradores do Eldorado. Conforme o Comandante da 2ª Cia, Tenente Bruno Emanuel Lopes Bueno, o executivo se comprometeu em iniciar as obras de travessias elevadas na terça-feira (1°) de outubro. A vice-presidente da associação de moradores, Luiza Lofagem, e o representante, Rivail Mateus Lens, afirmaram que irão aguardar as melhorias até a data combinada, se acaso não haja início das obras o acesso ao bairro deverá ser bloqueado por tempo indeterminado.

Representando o executivo, o diretor do Departamento Palmense de Trânsito (DEPALTRAN), Thiago Argenta, disse que o pacto com os moradores está firmado, e que as melhorias reivindicadas já estavam previstas no cronograma da secretaria de infraestrutura do município.