Aprovada em primeira votação na última sessão do Legislativo, a proposta de reajuste salarial de 6,23% para o funcionalismo público retorna à pauta da Câmara de Vereadores de Palmas, Sul do Paraná, na próxima segunda-feira (27).

O índice ficou pouco abaixo da inflação oficial de 2016, 6,29% medido pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) e também é inferior aos 14,5% concedidos em 2016 e 2015, quando foram concedidos 10% para os professores e 9% para os demais servidores.

Segundo o prefeito Kosmos Panayotis Nicolaou, o índice cobre a reposição do salário mínimo. Explicou que a sua determinação é pagar o salário do funcionalismo no último dia útil de cada mês.

Assim, apresentou a proposta de antecipação do reajuste, previsto inicialmente para ocorrer em 01º de maio, pagando o novo salário já no último dia de março. “Pelos cálculos da contabilidade é esse o percentual que podemos pagar no momento. […] Eu não posso dar tudo o que eles (funcionalismo) pedem. Não é que eu não quero, eu não posso”, afirmou.

Porém, informou que no 2º semestre será realizado um levantamento das contas municipais, quando será analisado, juntamente com representantes dos sindicatos, a possibilidade da concessão de um novo reajuste.