O Ministério Público do Paraná, através da 2ª Promotoria da Comarca de Palmas, solicitou ao Depaltran (Departamento de Trânsito de Palmas) que em 15 dias seja apresentada cópia de estudos que embasaram a alteração de sentido da Rua João Gualberto, no centro da cidade.

Conforme o promotor titular, Andre Luiz de Araújo, o pedido encaminhado, via ofício, à Diretora do órgão, Cristiane Coelho Lago, visa instruir demandas dirigidas ao Ministério Público, contestando a mudança de sentido da via pública.

A diretora do Departamento informou ao RBJ, nesta tarde, que ainda não recebeu o ofício da promotoria requisitando os documentos.

A mudança no primeiro trecho ocorreu em 10 de abril, instituindo-se duplo sentido entre as Ruas Coronel José Osório e Bispo Dom Carlos.  De acordo  Depaltran, a medida foi adotada para atender a demandas de comerciantes e empresários da região central. Nesta terça-feira(23) a implantação da sistemática ocorreu entre as Coronel José Osório e Avenida Clevelândia, sob a justificativa de permitir melhor fluxo do trânsito entre a região central e bairros da cidade.