por Ivan Cezar Fochzato

 

Duzentos jovens de Palmas concluíram no início deste mês as atividades do Programa Pro Jovem Urbano em Palmas, Paraná. A entrega dos certificados ocorreu em evento no centro comunitário da Paróquia do Bairro Lagoão, depois de participarem das atividades curriculares do ensino fundamental e das práticas de formação profissional na área de administração.

 

O início do programa em Palmas ocorreu em abril de 2009, com seiscentos alunos de 18 a 29 anos, que participaram das aulas nos núcleos nos Colégios Padre Ponciano, CAIC, Dom Carlos, Escola Oscar Roecker, Escola Quilombola Maria Joana Ferreira e aulas de informática no Colégio Sebastião Paraná. A carga horária do ProJovem Urbano é de 2.000 horas (1.440 presenciais e 560 não presenciais), a serem cumpridas ao longo de 18 meses letivos.

 

O ProJovem Urbano destina-se a promover a inclusão social dos jovens brasileiros de 18 a 29 anos que, apesar de alfabetizados, não concluíram o ensino fundamental, buscando sua re-inserção na escola e no mundo do trabalho, de modo a propiciar-lhes oportunidades de desenvolvimento humano e exercício efetivo da cidadania.