Os programas sociais Bolsa Família e Benefício de Prestação Continuada (BPC) já repassaram mais de R$ 6,5 milhões para os beneficiários de Palmas, Sul do Paraná, no primeiro semestre do ano.

Entre janeiro e junho, através do Bolsa Família, foram cerca de R$ 2,1 milhões. Podem integrar o programa, as famílias consideradas pobres e extremamente pobres, de acordo com a faixa de renda, e inscritas no Cadastro Único. No último mês, 2.593 famílias receberam recursos do programa. Em Palmas, a média de inscritos é de três indivíduos por família. Assim, quase 7,8 mil pessoas foram beneficiadas.

Com relação ao BPC, os últimos dados disponibilizados pelo Ministério do Trabalho apontam informações do mês de abril, quando 1.183 pessoas foram atendidas no município. O Benefício de Prestação Continuada garante o pagamento de um salário mínimo mensal a idosos acima de 65 anos ou à pessoas de qualquer idade com deficiência de natureza física, mental, intelectual ou sensorial de longo prazo, que o impossibilite de realizar atividades para o seu sustento. Para ter direito, é necessário que a renda familiar seja menor que 1/4 do salário-mínimo vigente.

No mês de abril, foram repassados R$ 1,1 milhão para 294 idosos e 889 pessoas com deficiência. No acumulado do quadrimestre – janeiro a abril – o montante é de R$ 4,4 milhões.