Na quinta-feira (30), o Sebrae Nacional e o Sebrae/PR promoveram o lançamento do Líder – Liderança para o Desenvolvimento Regional. A solenidade aconteceu na churrascaria Mate Amargo, em Barracão (fronteira com a Argentina) e contou com representantes da sociedade civil organizada e do Poder Público dos municípios da região. Os presentes também assistiram à palestra com o professor Gretz, sobre “Liderança Transformadora”.

César Rissete, gerente da Unidade de Ambiente e Negócios Empresariais do Sebrae/PR, participou do lançamento e falou sobre os objetivos do projeto, que receberá R$ 560 mil de investimentos (somados os recursos do Sebrae Nacional e do Paraná) e abrangerá 18 municípios – 14 paranaenses, um catarinense e três argentinos.

“O Líder é uma estratégia para desenvolvimento regional. Foi construído para operacionalizar e instrumentalizar uma agenda de desenvolvimento para a região de Fronteira. Também para buscar alternativas de emprego e renda na região”, esclarece.

Rissete revela que o Sebrae/PR fez um grande esforço para trazer o programa para a fronteira do Paraná com a Argentina. “Foram quase dois anos de negociações locais e com o Sebrae Nacional. A partir de agora, teremos praticamente doze meses de trabalho”, relata.

O programa está estruturado em dez módulos: na fase operacional, de planejamento, serão oito encontros; na operacional, de gestão e governança, mais dois encontros.

Para o gerente da Regional Sul do Sebrae/PR, Cesar Giovani Colini, o programa lançado tem proposta integradora.

“O Líder tem uma proposta integradora na formação das pessoas como lideranças e cultura empreendedora local. Muito embora disponibilizaremos ferramentas fundamentais de planejamento, definição e estabelecimento de metas, para consolidar as iniciativas e estratégias para o desenvolvimento territorial da Fronteira, isso vai muito além da ferramenta. Mais que isso, vamos preparar pessoas para se tornarem líderes no processo de desenvolvimento territorial”, antecipa Cesar Colini.

“Ocorrerá o fortalecimento do perfil empreendedor do grupo. As lideranças envolvidas terão acesso a ferramentas de planejamento e definição de metas. O contexto vai fortalecer a estratégia do desenvolvimento territorial da Fronteira, com foco em temas fundamentais, como o Polo Aduaneiro e seus desdobramentos econômicos e de logística”, antecipa Cesar Colini.

  • Compartilhe no Facebook

Evento teve ainda palestra com o professor Gretz (crédito da foto – Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Barracão)

O prefeito de Barracão, Marco Aurélio Zandoná, avalia de forma positiva a mais nova parceria com o Sebrae.

“A expectativa é de futuro cada vez melhor, de desenvolvimento para nossa região. O trabalho em conjunto com as nossas lideranças empresariais será de muito estudo e planejamento”, prevê Zandoná.

O empresário argentino Jorge Segundo Feldman, presidente do Comitê Territorial da MPEs da Fronteira, avalia que a integração começa a ultrapassar os limites de Barracão, Bom Jesus do Sul, Dionísio Cerqueira (SC) e Bernardo de Irigoyen (Argentina).

“Hoje, é uma fronteira com numerosos municípios e muito mais líderes trabalhando conjuntamente. Creio que é o início de uma segunda etapa entre os líderes, que têm feito um esforço e se vê frutos, pois trará benefícios à província, ao país e, principalmente, ao povo da Fronteira”, salienta Feldman.

O presidente do Comitê MPEs Fronteira acrescenta que as lideranças “vivem na região da Fronteira e sabem das necessidades de sua gente e buscam formas de encontrar soluções para melhorar e trazer benefícios para a comunidade”.