Lançado na tarde desta quarta-feira, durante a Via Tecnológica do Leite, o programa municipal de incentivo a bacia leiteira de Francisco Beltrão prevê investimentos de R$ 4 milhões nos próximos quatro anos. O orçamento do programa, executado pela Secretaria de Desenvolvimento Rural, será utilizado na ampliação da assistência técnica, capacitação e intercâmbio de produtores e para melhorar a sanidade animal e a linhagem genética dos rebanhos.

Durante a cerimônia de lançamento, a secretária Daniela Celuppi, afirmou que o programa objetiva ter resultados imediatos, mas também em longo prazo. “Já nos primeiros meses devem aparecer os resultados, mas a intenção é consolidar uma política pública de desenvolvimento no campo, para que as propriedades tenham sucessão, que o rebanho tenha sanidade, os acessos infraestrutura e que os agricultores melhorem sua qualidade de vida”, disse. Intitulado de Leite + Vida no Campo, o programa visa o acompanhamento sistemático das propriedades para que tenham condições e garantias de produção.

O Leite + Vida no Campo é o primeiro de uma série de programas segmentados que a Secretaria pretende desenvolver. O prefeito Antonio Cantelmo Neto (PMDB) explicou que as temáticas que já estão sendo estudadas e também devem virar programas, estão relacionadas com a habitação, saúde e educação no campo. “O pessoal da Secretaria tem liberdade para desenvolver estudos que respondam o quê os agricultores precisam; nós garantiremos o orçamento”, afirmou o prefeito.

O evento foi acompanhado por secretários municipais, produtores, empresários, pelo vice-prefeito Eduardo Scirea (PT) e pela deputada estadual Luciana Rafagnin (PT).

Rebanho será examinado

Durante a cerimônia, também foi assinado o chamamento público para o credenciamento de 15 médicos veterinários que realizarão exames de brucelose e tuberculose no rebanho de Francisco Beltrão. A Prefeitura está contratando 55 mil exames, mais que o rebanho bovino do município, num investimento de R$ 522 mil. Esta é a primeira vez que os produtores terão os dois exames totalmente subsidiados.