Crianças dos quintos anos do ensino fundamental da rede municipal de Palmas, sul do Paraná, estarão participando do Projeto JEPP – Jovens Empreendedores Primeiros Passos. O objetivo é disseminar a cultura e estimular os comportamentos empreendedores entre as crianças do município. O projeto faz parte do Programa Nacional de Educação Empreendedora do Sebrae.

A proposta surgiu do Projeto: Contribuir Para Despertar do Espírito Empreendedor nos Jovens do Município de Palmas, construído durante a formação da Escola de Líderes de Líderes do Sebrae/PR realizada no município.

Representantes dos Idealizadores; Dep de Educação e Palmas Desenvolvida.
  • Compartilhe no Facebook

Representantes dos idealizadores; Dep de Educação e Palmas Desenvolvida.

Após reuniões com o Departamento de Educação, nesta quarta-feira(29) ficou estabelecido que numa fase inicial o Projeto envolverá 700 alunos de 32 turmas e seus respectivos professores, a partir do início do próximo ano letivo. Além disso, uma escola piloto receberá o projeto e o aplicará também para as outras séries iniciais. Para isso, em fevereiro os professores estarão recebendo a devida formação através do Sebrae.

O funcionamento do Projeto ocorrerá através de um Termo de Adesão e de Cooperação Técnica entre o  Sebrae e a Prefeitura do Município.  No próximo ano estará sendo articulada a formulação de um Projeto de Lei tornando a iniciativa uma política pública no município.

O projeto surgiu da preocupação de como a população de Palmas estava se preparando para receber e atuar em um ambiente de alto desenvolvimento que pretende-se alcançar no município até 2030, através de ações realizadas pelo Movimento Palmas Desenvolvida.

Foi elaborado pelos integrantes da Escola de Líderes: Edimara Muller, Roberto Cassaniga, Rogério Restelli, Sony Martins Varela e Vaniely Cirino, que durante a formação constataram que localmente há uma carência de lideranças jovens; ausência de motivação e de perspectivas de futuro destes, que se encontram acomodados com a realidade em que vivem e que a mudança do quadro poderia ocorrer através de um projeto para a educação empreendedora.Além das escolas municipais, o grupo pretende levar a proposta para implantação também nas escolas privadas do município.

Registro da primeira reunião para implantação do Projeto.
  • Compartilhe no Facebook

Registro da primeira reunião para implantação do Projeto.

Durante as atividades serão repassadas informações e desenvolvidas práticas que reforcem questões relacionadas à cultura da cooperação, inovação, sustentabilidade, ética e cidadania, liderança, sentimento de pertença. Além disso, pretende-se criar espaços para envolvimento dos pais, familiares e membros da comunidade, bem como, promover a troca de experiências entre as diferentes realidades sociais e culturais do município.

A partir das atividades, dentro e fora das salas de aulas, serão desenvolvidas pesquisas para medir a evolução dos alunos; concursos para motivar as crianças a participar e manter sempre ativo o JEPP; Feira do Empreendedor Palmense; e estabelecer parcerias com outros organismos públicos, privados e do terceiro setor.