Um professor da rede pública estadual de ensino foi preso na manhã desta terça-feira (14) em Coronel Vivida, pela Polícia Civil. O educador, que por enquanto não terá o nome revelado, é acusado de abuso sexual contra menores e favorecimento a prostituição.

A prisão ocorreu com base em investigações realizadas pela Polícia Civil há tempo e que geraram um mandado de prisão, expedido pelo juiz da Comarca de Coronel Vivida. Conforme Rômulo Ventrella, delegado que acompanha o caso, o professor teria dificultado o trabalho da polícia durante as investigações, oferecendo até mesmo dinheiro para que os menores prestassem depoimentos a seu favor.

O delegado revelou ter imagens pornográficas de adolescentes em um motel com o professor. Ele teria pago para sair com as meninas. As imagens estão em um tablet que foi apreendido, inclusive uma das adolescentes seria ex-aluna dele.  O professor encontra-se a disposição da justiça na carceragem da 5ª SDP, de Pato Branco.