O presidente da Frutipar (Associação dos Fruticultores do Paraná) e diretor técnico de qualidade da ABPM (Associação Brasileira dos Produtores de Maçã), Ivanir Dalanhol, juntamente com lideranças e produtores de Santa Catarina e Rio Grande Sul, apresentou uma pauta de reivindicações relacionadas ao setor à ministra da Agricultura, Kátia Abreu, na tarde de terça-feira (08), em Brasília.

A sanidade na produção e a subvenção do seguro agrícolas foram algumas das temáticas tratadas na reunião, que contou também com a presença de deputados federais da região Sul e da presidente da Comissão de Agricultura e Reforma Agrária do Senado, Ana Amélia (PP-RS).

Foi solicitado que o Ministério da Agricultura aanalise o risco da incidência da Cydia pomonella, doença que atacou os pomares de maçã, mas atualmente erradicada no Brasil. Os produtores também pediram a proibição da importação de maçã da China, como forma de proteção ao mercado e também dos pomares, sob o risco de uma nova infestação da Cydia.

Com relação ao seguro, foi solicitado um aporte adicional no seguro agrícola para a fruticultura nos três estados do Sul. As lideranças reivindicaram o empenho e a liquidação de R$ 55 milhões referentes ao pagamento de subvenção dos contratos de seguros já processados. Porém, devido à uma série de desarranjos, o pagamento dos contratos firmados no ano passado tiveram de ser pagos em 2015, comprometendo a firmação de novos seguros.