Os resultados positivos da primeira etapa do Programa Mais Leite, resultou na premiação dos cinco produtores com resultados expressivos em sua propriedade após participarem do programa. Desenvolvido pela Administração Municipal, através da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Meio Ambiente, o projeto tem por objetivo levar inventivo ao homem do campo, proporcionando material e conhecimento para que aumente a produção de leite na propriedade.

Segundo o prefeito de Chopinzinho, Álvaro Scolaro, a produtividade leiteira é uma das principais vertentes da economia, por isso essa atenção ao setor. “Pra nós é com grande satisfação que premiamos os produtores que se destacaram e apresentamos os resultados financeiros que isso gerou para o município”, frisou.

Na primeira etapa do programa iniciado em outubro de 2017 e finalizado em outubro de 2018, contou com a participação de 138 produtores. A Administração Municipal destinou ao grupo recursos na casa de R$ 345 mil, através de produtos agrícolas.

  • Compartilhe no Facebook

Prefeito Álvaro Scolaro aproveitou o evento para fazer o anúncio de novos investimentos no setor. Foto: Assessoria

A noite desta quinta-feira (25) foi à oportunidade de agradecer os participantes e coroar os produtores com os melhores desempenhos. Exemplo do produtor da Comunidade de Gramados Francisco Piassa, que levou o primeiro lugar na categoria Percentual de Aumento na produção de Leite. “É uma honra participar, só vem a melhorar na propriedade e traz renda para o município e para o produtor, é muito bom”, disse.

Valdemar Brutti, também do Gramados, conquistou a primeira posição na categoria Aumento de Volume na Produção de Leite, registrando 10.382 litros produzidos. Brutti ficou surpreso quando escutou o seu nome no momento da premiação. “Gostei muito, foi bom, mas eu não esperava receber a premiação, agora vamos torcer para o prefeito Álvaro para continuar nos ajudando com esse tipo de incentivo”, disse.

Incentivar o campo e propor melhores condições para aumentar a produção da nossa agricultura. Segundo o Secretário de Agricultura Idevaldo Peretti, a contrapartida de cada produtor era aumentar 25 por cento à produção, na soma geral, o percentual ultrapassou 29 por cento. “O resultado foi aquém do nosso esperado, tínhamos o compromisso em aumentar nosso percentual em 25%, mas foi bem melhor e chegamos a 29%, isso representa além de uma maior produção, também aumento na renda dos produtores”, destacou.

O prefeito Álvaro Scolaro aproveitou o evento para anunciar recursos numa nova etapa do programa. “Nós estamos programando mais R$ 300 mil para serem investidos nesse programa que chega a sua terceira etapa. Ano passado tivemos 75 produtos inscritos e esse ano a expectativa é chegar a 100 produtores”, revelou.