Os produtores de Palmas, sul do Paraná, concluíram a colheita da safra de maçã 2013/2014. No balanço de produtividade foi registrado um aumento de 14,2% em relação a safra anterior. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira(30) pelo Deral – Departamento de Economia Rural da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Paraná – SEAB/PR.  O período de colheita iniciou em dezembro  e foi concluída há poucos dias.

Conforme o engenheiro, Josemar Banach Fonseca, a produtividade deste ciclo superou todas as expectativas dos produtores e do DERAL, que previam  uma safra com volume entre 12 e 12,5 mil toneladas, a exemplo da colheita anterior que rendeu 12,1 mil toneladas.

Outro fator positivo para os produtores palmenses é que em praticamente todas as regiões  houve queda de produtividade. O volume de 14,2 mil toneladas das variedades Eva, Gala e Fuji, foram colhidos nos  422 hectares, área um pouco menor que a do período 2012/2013. “Esse ano a produção foi bem maior e  em uma  área menor em relação a safra anterior aumentando a produtividade por hectare”, explicou o engenheiro do Deral.

O presidente da Frutipar – Associação dos Fruticultores do Paraná, Ivanir Dalanhol, avaliou que a produção foi muito boa para a região de Palmas. “Inicialmente projetamos  que nossa safra poderia  chegar as 13,5 mil toneladas e ao final da colheita ficamos extramente satisfeitos quando fechamos em mais de  14 mil toneladas”, comemorou o produtor.  Conforme Dalanhol,  além do volume maior, a qualidade dos frutos e as condições favoráveis do mercado entusiasmaram os produtores. “ Isso é muito bom, porque motiva  para ampliar os pomares”, avaliou o presidente da Frutipar.