Aos motoristas revoltados com o aumento nos preços dos combustíveis em função do desabastecimento ocasionado pela greve dos caminhoneiros, o Procon-PR disponibilizou uma ferramenta pela qual os consumidores poderão denunciar possíveis abusos nos preços cobrados

Na página do Procon, o usuário encontra o link “abuso nos preços dos combustíveis”. Lá, o consumidor informará o nome, e-mail e qual a irregularidade constatada, podendo, inclusive, anexar fotos, vídeos ou nota fiscal da compra, que serão utilizados que serão utilizados na abertura do processo administrativo pelo Procon-PR.

A ferramenta como objetivo identificar e evitar, com a ajuda dos consumidores, abusos que podem gerar danos a toda a coletividade. Por exemplo, a paralisação dos caminhoneiros tem levado alguns estabelecimentos da região sudoeste do Paraná a cobrar até R$ 5,00 pelo litro do combustível.

Além disso, o Procon-PR, junto com a Delegacia de Crimes Contra a Economia e Proteção do Consumidor (Delcon) e os Procons municipais estão fiscalizando e apurando abusos cometidos por alguns estabelecimentos.