Por Evandro Artuzi

 

Realeza: Atropelamento
Na madrugada deste sábado (08), por volta das 03h50, o condutor do veículo Santana, placas ACK 4207, saiu em alta velocidade após uma briga no estacionamento do Clube Asa Branca, em Realeza, atropelando algumas pessoas. Davi Venâncio, 27 anos, foi identificado como condutor e não possuía habilitação, além de apresentar sinais de embriaguês. Daniel Venâncio, 24 anos, e Ana Cristina Venâncio, 31 anos, foram às vítimas do atropelamento. O casal sofreu ferimentos leves.

 

Pranchita: Ameaça e apreensão de armas
No sábado (08), por volta das 11h30, policiais militares de Pranchita e Santo Antonio do Sudoeste estiveram na comunidade de Canzianópolis, onde duas armas de fogo foram apreendidas, uma espingarda calibre 40, um coldre com seis cartuchos calibre 38 e dois calibre 40 intactos, e um rifle calibre 22, além de 26 cartuchos do mesmo calibre intactos. As armas e munições foram encontradas na residência de Vitacir Luviza, 40 anos, que havia ameaçado sua esposa Edi de Souza Luviza. Antes da chegada da Polícia Militar, o mesmo empreendeu fuga. Foi preso por posse irregular de arma de fogo, Dieiver Augusto Luviza, 19 anos. O detido, as armas e munições foram entregues na Delegacia de Santo Antonio do Sudoeste.

 

Santo Antonio do Sudoeste: Embriaguês ao volante
Na Rua Armando Fassini, Centro de Santo Antonio do Sudoeste, foi preso neste sábado (08), por volta das 19h50, Cleberson José de Souza, 25 anos. O mesmo foi flagrado efetuando manobras perigosas com um Escort, placas AAF 9594. Cleberson não possuía habilitação e apresentava sinais de embriaguês que se confirmou após teste de alcoolemia. O veículo foi recolhido e o condutor encaminhado a Delegacia de Polícia.

 

Palmas: Homem é morto com tiro no peito
Claudemir Viera da Silva, 44 anos, foi morto em Palmas neste sábado (08). O crime aconteceu na Rua São Cristóvão, Bairro São Sebastião do Rocio, por volta das 18h30. A vítima foi atingida no peito por um disparo de arma de fogo. O autor do crime, segundo testemunhas, trata-se de Antonio Carlos Paim da Silva, que evadiu-se do local e não foi encontrado pela polícia. Testemunhas afirmaram que o autor chegou na casa de Claudemir dizendo que iria matar alguém e atirou contra a vítima. Antonio estava armado com duas espingardas. O corpo de Claudemir foi recolhido ao IML de Palmas.