• Compartilhe no Facebook

Morreu nesta quinta-feira (22), aos 90 anos, o primeiro prefeito eleito do município de Abelardo Luz, Oeste de Santa Catarina, Maurício Rodrigues da Costa. Antes de estar à frente do Executivo, ele foi responsável pelos projetos que emanciparam os municípios de Faxinal dos Guedes e Abelardo Luz, até então distritos de Xanxerê. O corpo está sendo velado na Câmara de Vereadores xanxerense e deve ser transladado para um crematório de Francisco Beltrão, Sudoeste do Paraná. A causa da morte não foi informada pela família.

Natural de Maximiliano de Almeida (RS), Costa mudou-se para Santa Catarina aos 19 anos, instalando-se na localidade de Passo das Antas, região de Abelardo Luz. Como agrimensor, atuou por algum tempo no município até montar uma serraria com outros sócios, desfazendo a sociedade pouco depois.

  • Compartilhe no Facebook

Foto: Arquivo Pessoal

Em 1954 disputou as primeiras eleições em Xanxerê, na condição de vereador, representando o distrito de Abelardo Luz. Foi eleito e se tornou o primeiro presidente da Câmara de Vereadores. Entre as atividades no Legislativo, foi autor dos projetos de emancipação de Abelardo Luz e Faxinal dos Guedes, este último em parceria com o vereador Ventura Migliorini.

Durante o mandato de vereador, Maurício também ocupou o cargo de diretor municipal de Obras Públicas e diretor do Departamento de Estradas e Rodagens, nomeado pelo prefeito Adílio Fortes. Com o trabalho reconhecido na região, tornou-se o primeiro prefeito de Abelardo Luz.

No início da década de 70 ele adquiriu terras no Mato Grosso e se tornou um dos pioneiros no empreendedorismo na região de Nova Canaã do Norte. Mudou-se para Curitiba (PR) e se tornou diretor da empresa Serrarias Palmital S.A.

Maurício Rodrigues da Costa deixa a esposa Nadir Rodrigues dos Santos, cinco filhas (Ilse, Clarice, Janete, Márcia e Andréia), 14 netos e cinco bisnetos.