Por Evandro Artuzi 

O detento do CDR de Francisco Beltrão, Valdemar Colombo Filho, 54 anos, que estava preso por tráfico de drogas, cometeu suicídio na manhã desta quarta-feira (19). Utilizando um lençol, cometeu o ato por asfixia mecânica (enforcamento).
Ele estava no CDR desde o dia 30 de setembro de 2010, após ser mantido por um período na carceragem da 19ª SDP. A vítima é de Lebon Régis (SC) e havia sido preso no Sudoeste com drogas. Valdemar aproveitou o horário em que os presos tomam banho de sol para cometer o suicídio, que aconteceu na ala dos presos provisórios.
Ricardo Alexandre Ronqui, novo diretor do CDR, disse que o preso não apresentava problemas e com freqüência recebia visita de familiares. Desde que foi inaugurado, este é o segundo caso de suicídio no CDR de Francisco Beltrão.