Por Evandro Artuzi/ Fonte: Rádio Banda B (Curitiba) 

O presidente da Copel, Ronald Ravedutti, de 59 anos, morreu em um acidente de automóvel hoje, por volta das 6h40, no km 37 da BR-116, perto da Represa do Capivari. Ele estava acompanhado do motorista, Sebastião Marcos da Silva, e do fotógrafo, Antonio Carlos Borba, que sofreram ferimentos leves.
O carro de Ravedutti, um Renault Scenic, capotou na pista sentido sul. Segundo informações da assessoria da Copel, que está no local, Ravedutti, estava no banco de trás, sem cinto e, durante o capotamento, foi ejetado pelo vidro traseiro.
O carro capotou depois de se perder na curva e bater num barranco. Ele voltava de São Paulo onde foi assistir a um torneio de eletricistas. Como tinha uma reunião agora pela manhã em Curitiba, os três ocupantes do carro saíram da capital paulista na madrugada de hoje.
Ravedutti assumiu a presidência da Copel em 17 de abril deste ano, substituindo Rubens Ghilardi, por indicação de Orlando Pessuti. Ronald era economista e estava na empresa desde 1971.