Por Evandro Artuzi
A redução na tarifa de energia elétrica, construção de novas usinas e ajustes salariais foram temas tratados nesta segunda-feira (10/12) pelo presidente da Copel, Lindolfo Zimmer, durante entrevista à Onda Sul FM, de Francisco Beltrão. O presidente falou ao vivo no programa jornalístico Onda News, quando reiterou que a companhia vai reduzir os valores em suas faturas de energia elétrica como anunciado pela presidente Dilmar Rousseff (PT).

 

O presidente garantiu que a companhia vai deixar de arrecadar um valor significativo, mas por outro lado estará colaborando com os paranaenses. Também destacou a inauguração, nos próximos dias, da Usina Hidrelétrica de Mauá, entre os municípios de Telêmaco Borba e Ortigueira (PR), que vai possibilitar a ampliação dos serviços de distribuição de energia elétrica da estatal, a partir do uso das águas do Rio Tibagi.

 

Outra boa notícia nesse ano é a construção da hidrelétrica de Colíder, no Mato Grosso, cuja concessão foi vencida pela Copel. Dessa forma a estatal paranaense tem a possibilidade de mostrar seu potencial fora do Estado. Segundo Zimmer, apesar de atuar fora o Paraná, uma grande quantidade de recursos será destinada ao Estado.

 

Também no início deste mês foram renovados contratos de geração de energia elétrica até 2015 para as usinas Parigot de Souza (Antonina), Chopim (Itapejara D´Oeste) e Mourão (Campo Mourão), além de Rio dos Patos (Prudentópolis), esta com contrato até 2014.

Quando o assunto abordado foi à tentativa dos funcionários em paralisar os serviços reclamando de uma possível defasagem salarial, o presidente disse que o problema foi resolvido em conversa com os profissionais e sindicatos que representam a classe.

Ouça entrevista completa no link abaixo: