O presidente da Câmara de Vereadores de Palmas, Marcos Gomes, em pronunciamento nesta terça-feira (07), representando todos os integrantes do Poder Legislativo, manifestou posicionamento contrário à possibilidade da Cadeia Pública ser transformada em um centro de triagem para detentos com suspeita de Covid-19.

Salienta que o município não pode assumir essa responsabilidade, que ele aponta ser dos governos estadual e federal. “Na hora de discussão para investimentos, Palmas não é lembrada, mas para assumir um problema que não é seu, aí sim lembram-se do município”, considerou.