por Ivan Cezar Fochzato

Tendo em vista decisão da administração de Palmas, sul do Paraná, em reduzir, a partir dessa segunda-feira (12) o horário de atendimento nas Unidades Básicas de Saúde, localizadas nos bairros e unidade central, o Ministério Público, através da 2º Promotoria da Comarca, apresentou Recomendação Administrativa, para que a medida não seja adotada, por representar prejuízo à população.

 

Desta forma recomenda que, tanto o prefeito Hilário Andraschko, quanto o secretário de saúde, Aldemar Osternack Pedroso, abstenham-se imediatamente de adotar medidas que, direta e indiretamente, caracterizem desativação, paralisação, interrupção, suspensão, restrição ou diminuição ou que prejudiquem a oferta de ações e serviços de saúde disponibilizados aos munícipes, a exemplo de dispensa de médicos, enfermeiros, estagiários, agentes comunitários de saúde, agentes de controle de endemias, bem como outros profissionais, bem como redução na realização de exames, dispensação de medicamentos e outros produtos.Também recomenda que caso as medidas já tenham sido adotada, que haja a imediata revogação e o pronto restabelecimento dos serviços de saúde.

 

Antecipando ao departamento de jornalismo da Rádio Club AM, a resposta das solicitações feitas pelo Ministério Público, o Departamento de Administração da prefeitura, destaca que a medida de redução de horário de atendimento nas UBs( Unidades Básicas de Saúde) nos bairros e na unidade Central continuará sendo observada a partir de hoje, quando os postos atenderão no horário das 07h00 às 12h00. Conforme o Diretor, Luis Roberto Carpes de Lima, a redução ocorre apenas nos postos de saúde, sendo que o PAM (Pronto Atendimento Municipal) continuará atendendo normalmente, sem qualquer interrupção.

 

 

Conforme explicou a medida adotada pelo município se baseia em orientações do Tribunal de Contas do Estado do Paraná e também na recomendação feita pela AMSOP (Associação dos Municípios do Sudoeste do Paraná), com vistas a redução de gastos em conformidade com a Lei de Responsabilidade Fiscal.

 

]

 

width=800
  • Compartilhe no Facebook

width=800
  • Compartilhe no Facebook

 

width=800
  • Compartilhe no Facebook

 

width=800
  • Compartilhe no Facebook

 

width=800
  • Compartilhe no Facebook

 

width=800
  • Compartilhe no Facebook

width=800
  • Compartilhe no Facebook