Com o anúncio de novas atrações musicais e entrada gratuita em todos os shows, a Comissão Central Organizadora (CCO) da Expomang (Exposição Agropecuária, Comercial e Industrial de Mangueirinha) 2019 segue nos últimos preparativos para a feira, que acontece de 20 a 24 de novembro, no Parque de Exposições Miguel Arlei Reis.

Em entrevista à Rádio Club de Palmas/RBJ, o vice-prefeito de Mangueirinha e presidente da CCO, Leandro Dorini, destacou que, na última semana foi assinado contrato com a empresa Marco A. Dias Teixeira Eventos, que será responsável pela instalação e montagem de infraestrutura, banheiros químicos, palco com sistema de som, realização de rodeio, gerenciamento e comercialização de espaços internos e externos para a realização da feira. O contrato tem o valor de R$ 120 mil.

Lembrou que, seguindo recomendação do Ministério Público, foram realizadas diversas alterações no modelo de administração da feira, o que resultou em alguns atrasos. Porém, nada que afetasse significativamente a realização do evento.

Destacou que a partir das mudanças, foi definida a entrada livre no parque e também nos shows, com exceção dos espaços VIP, bastidores e camarotes. As pessoas que porventura, tenham adquirido pacotes de ingressos, devem procurar a Associação Comercial para o reembolso.

Sobre as alterações na programação de shows, Dorini explicou que, por conta de problemas na contratação de Maiara e Maraísa, a organização optou por cancelar o show, trazendo o cantor Luan Santana para estar no palco da Expomang no sábado, dia 23.

Ao todo, a prefeitura de Mangueirinha deverá investir mais de R$ 400 mil na contratação dos principais shows da feira: Trio Parada Dura (R$ 75 mil), Munhoz e Mariano (R$ 70 mil), Hugo e Guilherme (R$ 70 mil) e Luan Santana (R$ 200 mil). Salienta o vice-prefeito, que o município realizará o evento de “forma econômica”, com a terceirização da montagem e manutenção da infraestrutura para a feira.

Ouça a entrevista no player abaixo: