Ten. Coronel Samir Wassouf (21º BPM), prefeito Neto e delegado Valderez Scalco (19ª SDP). Foto de divulgação
  • Compartilhe no Facebook

Ten. Coronel Samir Wassouf (21º BPM), prefeito Neto e delegado Valderez Scalco (19ª SDP). Foto de divulgação

Uma área de 4,2 mil m2 no prolongamento da avenida Julio Assis irá abrigar a sede da Delegacia Cidadã, um novo conceito de delegacias, com atendimento mais especializado, separação de vítimas e agressores e sem carceragem. A doação do terreno ao governo do Estado, que irá construir a obra, foi oficializada no início dessa semana pelo prefeito Antonio Cantelmo Neto como último ato antes de sair de licença por 30 dias.

Avaliado em R$ 2,9 milhões, o terreno está em um dos espaços mais nobres da cidade e segundo o prefeito, viabilizará um novo serviço para a população. “Nós não economizamos quando o assunto envolve atender as pessoas, independente se seja um serviço municipal ou de responsabilidade do Estado, como neste caso, em que estamos sendo parceiros para poder viabilizar o quanto antes esta nova unidade para Beltrão”, afirmou Cantelmo Neto.

A doação do terreno foi assinada pelo prefeito juntamente com o delegado chefe da 19ª SDP, Valderez Scalco, e o comandante do 21º BPM, Tenente Coronel Samir Wassouf.

O projeto da Delegacia Cidadão foi lançado em outubro, durante visita do secretário de Segurança Pública do Paraná, Wagner Mesquita, e do então governador interino, Ademar Traiano, ao município. A sede terá mais de 1.700 m2, três andares com ambientes diferenciados e específicos para cada tipo de atendimento e custará R$ 4,5 milhões. A previsão é de que a licitação da obra aconteça no primeiro semestre de 2016.